"As cores são minha obsessão, meu divertimento e meu tormento de todos os dias" (Monet)

22/09/2010

O VALOR DE UMA OBRA DE ARTE

(Têmpera sobre papel)

Têmpera é um guache metido a besta... rs

A princípio fiz esse nu totalmente em preto e branco, mas ficou pobre, aí joguei as cores. Mas não foi em seguida, levou alguns meses para eu decidir fazê-lo. Então, passei a gostar dele assim, totalmente “sem noção” rsrs.

Coloquei o título “Mulher das Transformações” porque me pareceu apropriado.

Eu adoro pintar em papel, pena que é um trabalho pouco valorizado. Todos julgam que o material é infinitamente mais barato, e, por isso, não justifica o preço que estipulamos. Mas não é bem assim. Quase todo material de qualidade para pintura em papel (inclusive o papel) são importados e muito caros. Os pincéis são autênticos “pelo de marta”, e não “tipo pelo de marta”, são delicados e se desgastam rapidamente.

Contudo, não é isso que está em jogo.

Lembrei-me de um episódio que aconteceu a um artista plástico contemporâneo, do qual não me recordo o nome agora. Ele havia recebido uma encomenda de um painel bastante grande - um abstrato em acrílica. Dois dias depois ele foi até o cliente entregar a obra pronta. O cliente "P" da vida, disse-lhe: "Mas já está pronto?! Que absurdo!!! Você me cobrou uma fortuna por dois dias de trabalho?????" O artista muito calmamente respondeu: "Meu amigo, você não está me pagando por dois dias... Está me pagando por trinta anos de dedicação, estudo, pesquisas e experiência... Se te parece tão fácil assim, por que não fez você mesmo?"

É exatamente isso. O valor de uma obra não está no tempo gasto para fazê-la. Tão pouco no valor dos materiais. Está na capacidade do artista de criar e de conseguir ver além do óbvio.

Temos que estar cientes que toda obra passa pela visualização do artista. E o artista por sua vez, cria na convicção de que poderá transmitir sua proposta para além das linguagens amplamente conhecidas e padronizadas.

Portanto, podemos dizer que qualquer arte, sob qualquer forma, pintura, escultura, gravura, desenho, é uma criação pura. Todo artista tem um espírito inovador e dá à sua obra uma nova feição. Pois, se a arte consistisse simplesmente na cópia de recortes fiéis da realidade, então a fotografia pura e simples, seria a mais eficiente linguagem artística. E a câmera fotográfica substituiria com êxito os pincéis, tintas e toda técnica da pintura e materiais artísticos.

Bem, se eu fosse o artista citado acima, acho que aconselharia meu cliente a comprar um poster fotográfico. Colocar numa moldura de quinta e chamar os amigos para apreciar “sua obra de arte”.

22 comentários:

  1. Oi Sueli! Adorei a explicação! O valor vai além do tempo gasto e do material empregado. Existe um valor incomensurável que está ali empregado: a técnica e a inspiração do artista. E que bom quando vem assim rápido! Já pensou se durasse semanas, meses, até a tal inspiração aparecer? Não haveriam mais artistas na praça, teriam mudado de profissão. Pensei em uma: retratistas - rsrs! Um beijo, Deia

    ResponderExcluir
  2. Sueli,

    Que trabalho lindo esse teu, cada vez que venho para apreciar teus feitos , encontro em cada tela poemas vibrando vida!


    Parabéns!

    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  3. Sueli,

    Adorei a resposta do artista ao cliente-bronco. Você está certa, se a pintura fosse apenas a busca pela representação fiel da realidade, onde colocaríamos um Willian Kooning, por exemplo?

    Aliás, esta tua obra ficou semelhante a uma tela dele chamada Pink Angels. Dê um Google que vc verá se não parece.

    bjos e parábens pela obra e pela crônica.

    Cesar

    ResponderExcluir
  4. Sueli, combina com o que você colocou no perfil do blog: para ser a menina que filtra a feiura do mundo tem que ser artista. rsrs . E artista é muito , muito mais do que faz uma reles máquina (mesmo com toda a tecnologia do fotoshop. Muito bom! Meu abraço. paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Bela resposta perfeita! Amiga não chegou seu email tentei enviar um para o endereço de email do seu perfil e também parece que não foi ! Amiga se possivel reenvie para este:
    velosoartenativa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Sueli, adorei a resposta do artista. E a técnica, quanto custa, ou melhor... Quanto custou em suor, lágrimas e tempo? Isso dá uma raiva, amiga! Seria a mesma coisa de um liberal que estuda anos a fio, dar um diagnóstico certeiro e em pouco tempo. Alguém sai de seu consultório e comentando: pô, não fez nada e me cobrou tudo isso!!!
    Tua obra tá linda, porém não acho que não ficaria bem, também, em preto e branco. Como está... Ficou meio pop! E o rosto de muita expressão, não está nem aí pra nós! rsrs
    Beijão
    Tais luso

    ResponderExcluir
  7. Sueli
    Quero agradecer-lhe a sua brilhante ideia de dar explicações sobre pintura. Para mim têm sido muito úteis e tenho posto em prática. Se não for pedir muito gostaria que desse algumas explicações sobre pintura de marinas. Obrigada

    ResponderExcluir
  8. OLÁ!
    Sabe que, como arquiteto, já fui questionado algumas vezes tipo "tudo isso por uns rabiscos?!" Projeto virou rabisco! O babaca não quer comprar a idéia, a imagem trabalhada - seja lá de que modo e em que tempo for. Como você disse bem, uma fotografia ou um papel de pão manchado de gordura fariam o mesmo efeito para este tipo de anta...
    Grande abraço,
    Adh

    ResponderExcluir
  9. Querida Sueli, que bela obra, estávamos dando um pulinho por aqui, e achamos um mimo!
    Gostoso te conhecer melhor!
    Adorariamos te-la no nosso blog e quem seguir e ficar por la,rs
    bj com carinho
    Lulu & Sol

    ResponderExcluir
  10. P/ Margarida.

    Querida, eu é que agradeço por seguir o meu blog! Ele é dedicado especialmente para vcs, amantes da pintura.

    Quanto ao seu pedido, vou providenciar uma matéria sobre marinhas. Farei com muito carinho!

    Um gde bjo.
    Sueli Gallaci

    ResponderExcluir
  11. Su querida, náo tenho falado c vc pq estava em produçáo antes de viajar e agora encontro-me em Araras (SP). Na proxima semana retorno e lerei o texto de uma de suas imagens q vc recomendou-me. Adoro ler o q vc escreve depois de postar as fotos de seus trabalhos, mas estou meio desligada - rsrsrs. E isso, amiga... falaremos breve. Uma excelente noite pra vc . Bjs

    ResponderExcluir
  12. Tão bonito seu espacinho... lindo! amei!

    ResponderExcluir
  13. Olá Sueli!
    Concordo consigo, mas infelizmente a maior parte das pessoas não consegue avaliar o trabalho e empenho que se tem ao fazer um trabalho mesmo que ele demore pouco tempo a fazer. Não é o tempo mas sim a qualidade do trabalho que importa e muitas vezes isso é desvalorizado.
    Gostei imenso da pintura e com a cor quanto a mim ficou a ganhar. Não importa ser em papel ou tela o que é importante é a obra em si.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Lindo post e imagem: bem explicado, amiga!
    Beijinhos, muitos!

    ResponderExcluir
  15. Nunca soube pintar... Acho que o lado do meu cérebro responsável pelas artes plásticas não se desenvolveu... Mas quando escrevo meus poemas, sempre penso que são como quadros... Alguns eu volto e coloco as cores depois...

    ResponderExcluir
  16. Cara amiga...Adorei todo o artigo,a
    história tem vários matizes, consoante os interpretes, pois uma vez pus em exposição uma peça pensada para uma seguinte, e como não queria vender,
    coloquei um preço com mais 100%, para
    que ninguém tivesse a veleidade de lhe pegar......Precisamente...foi a primeira peça a vender.....Quanto à sua obra, é
    o meu género...gosto e muito dela assim,a Taís que me desculpe.....mas cada peça é como é...e ou se gosta ou não....
    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Minha amiga mais que hiper super mega blaster especial - o que você decidir fazer com o selinho será do bom gosto que lhe é peculiar!! É seu, então faça como achar melhor - entendo bem quando temos textos certos para serem publicados. Quem sabe o selinho não fica para depois? O que você quiser!! Muitos beijos e é claro que veremos essa primavera juntas!! Deia.

    ResponderExcluir
  18. Sueli, rsrs, o Andrade não me entendeu: eu disse que como está, está linda, mas em preto e branco ( como você falou ) também ficaria linda.
    Ô, Andrade... Entenda, rsrsrs
    Deixa, ele é meu amigo. Bjs 'pros' dois.

    ResponderExcluir
  19. Sabe qual o problema? Bem poucos reconhecem a obra do artista como arte.

    Há conceitos e conceitos.

    E artistas são muitos.

    Poucos atingem, porém, a essência, no sentido, do olhar, transmitir.

    Conceitos.

    ResponderExcluir
  20. "A arte é o lugar da liberdade perfeita"

    Beijo.

    ResponderExcluir
  21. Que legal saber como acontece umaobra...Lindo!beijos,chica

    ResponderExcluir
  22. Fiquei feliz ao achar seu blog. Um lugar fascinante para poder mergulhar em busca de mais conhecimentos ou simples deleite!Obrigada.
    Marisa TRB

    ResponderExcluir

Tua visita me deixa muito feliz e o teu comentário é importante para o meu aprimoramento. Aceito sugestões, críticas construtivas e elogios, naturalmente, que não sou boba, né... rs. Só não aceito e nem vou publicar comentários anônimos com gracinhas sem graça e ofensas de gente desocupada. Aos anônimos peço que assinem, por favor.

A todos meus agradecimentos e meu carinho!

Sueli Gallacci