"As cores são minha obsessão, meu divertimento e meu tormento de todos os dias" (Monet)

22/02/13

Mistura de cores



 Festa das Gaivotas
(Amarelo de Cádmio, Vermelho de Cádmio, Alizarim, Azul Ftalocianina, branco e preto)


Em primeiro lugar, peço desculpas aos meus queridos leitores pela demora em postar. Nem vou mais me justificar para não parecer desculpa esfarrapada... rs

Bem, o assunto é o seguinte:

Tenho recebido inúmeros e-mails de leitores querendo saber sobre mistura de cores. Todos me pedem que eu indique a quantidade exata de tinta a ser adicionada à outra. Coisa difícil de descrever, pois a quantidade de tinta usada numa mistura depende da quantidade de tinta a ser preparada.... (Aff, tão óbvio isso que escrevi, né...). Mas vamos lá, vou tentar melhorar o negócio...

Eu, por exemplo, só pinto telas grandes e preparo muita tinta. Logo, a minha quantidade não serve como medida para quem pinta telas pequenas. Porém, posso dar algumas dicas para não errar na hora de preparar a mistura.

‘Errar’ aqui significa perder o controle da cor e do tom (principalmente do tom) e acabar produzindo uma cor indefinida, sem identidade, o que chamamos vulgarmente de ‘Lama’.

O primeiro conselho é tentar não usar mais que 3 cores na mistura + o branco. Começar SEMPRE com a ‘cor local’, ou seja, se o que você quer é um azul assim ou assado, comece com ele e vá acrescentando outras cores, que no final você terá um azul modificado e a seu gosto...

Ok, esse exemplo não ficou assimmm uma Brastemp, então vamos a outro mais prático:

Suponhamos que você queira pintar uma laranja. A cor local da laranja é o amarelo: comece com ele e vá acrescentando, aos pouquinhos, as outras cores que irão proporcionar sombra e luz. Lembre-se que às vezes basta um ‘pinguinho’ de tinta para matizar um montante de cor.

Trabalhe com uma paleta reduzida, pois assim, você terá que 'se virar' com o que tem e acabará aprendendo a fazer misturas. A paleta reduzida também confere 'unidade' à pintura deixando-a mais harmoniosa. 

Até aqui falei de cores com 'identidade', mas para os cinzas e as neutras (aquelas cores que não são tão óbvias, mas que vemos a nossa volta), o esquema é outro.

Para se preparar uma cor neutra quase sempre devemos adiciona à mistura a mesma quantidade de todas as cores.

Veja bem, eu disse quase sempre, pois você poderá precisar de um cinza avermelhado, esverdeado, amarelado, etc... Nesses casos, a cor predominante deve entrar na mistura em maior quantidade... (Poxa, que descoberta a minha!... rs)

Ainda hoje existem pessoas que acham que para se conseguir um cinza neutro basta misturar preto com branco. Faça isso e você terá um cinza tão desastroso que é capaz de arruinar qualquer pintura!

Na verdade, se você juntar um par de cores complementares em partes iguais (Ex. vermelho e verde) terá um cinza neutro. Simples, não?... Mas muuuuito sem graça, sem charme, sem 'vida'.

Preparo os meus cinzas com azul, vermelho, amarelo e branco. Embora existam outras opções, essa é a mais interessante em minha opinião. Claro que vario os matizes dessas cores de acordo com o cinza que preciso: quente, frio, claro, escuro...  Exemplificando, algumas vezes uso o Vermelho de Cádmio, noutras  o Carmim. O mesmo acontece com o amarelo e o azul.  

Aclaro os meus cinzas com mais branco. Se quero mantê-los escuros simplesmente elimino o branco, ou diminuo-o.  Para esquentá-lo acrescento mais amarelo, para esfriá-lo mais azul. Em alguns casos matizo o azul com ‘um toque’ de preto antes de ele entrar na mistura. O preto é excelente para colaborar na 'nota fria' das cores do céu e da água em paisagens de dias nublados. Para isso basta um ‘toquesinho’ apenas.

Volto a bater na mesma tecla: faça experiências com todas as misturas possíveis e imaginárias. Pincele-as numa tela pequena, ou mesmo numa folha de papel; anote as cores usadas logo abaixo das pinceladas e use como referência na hora de pintar.

Só mais uma dica: use a ‘sujeirinha’ da sua mistura de cinza pra matizar os brancos que compoem a mesma pintura.

E aí, gostaram?... então até a próxima!...  N ã o o o   t ã o o o o o   p r ó x i m a  assim!!!  rsrs

Bjobjobjo!!!

22 comentários:

  1. kkkkk, Sueli, esse seu texto está ótimo, mas estou vendo sobre outro ângulo, vou explicar: durante muitos anos um professor em Porto Alegre fez um sucesso estrondoso. Era professor de português dos cursos de pré-vestibular, e de cursos de português no nível superior. Chamava-se Edson de Oliveira. O maior sucesso entre alunos e não alunos dos cursos; mas de todos os que lidavam com a língua. Era muito requisitado para programas de rádio e televisão. O português, antes língua chata de se estudar e difícil de se entender, com todas aquelas centenas de regras que poucos guardam.
    Suas aulas eram um show, levava bichos e os materiais mais bizarros para ilustrar regras e demais chatices. Todos queriam entrar no seu curso, vê-lo na televisão ou no rádio. Morreu aos 73 anos, e por ensinar o portugues com simplicidade e irreverência, ficou na mente de todos como o melhor professor que tivemos. Coloque no Google e verá muito sobre ele.
    E lendo esse seu texto, por que lembrei dele? Porque você interrompeu várias vezes a explicação, com graça e ironia. Deu várias opções para encontrar esse maldito cinza que não é fácil de conseguir. Ficou um texto leve, esclarecedor e muito engraçado! Quando terminei estava rindo de da explicação, mas comecei a pensar na minha atitude, o porquê. Depois é que lembrei!
    E você sabe fazer isso muito bem... Agora, quando ver um cinza, vou pensar nesse texto!
    Beijão, adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkk Ai, amiga, eu tbm ri muito enquanto escrevia... Ficou parecendo um tutorial escrito por uma retardada para retardados kkkkkkkkkk

      Sei que não é politicamente correto dizer isso, mas foi a impressão que tive. Tem coisas que é difícil de descrever, aí me dá uma agonia rsrs.

      Ainda bem que me contou essa história do professor. Tô mais conformada rsrs.

      Brigadão, viu!!! Bjobjo!!!

      Et.: Que pena que ele já morreu... precisava tanto de umas aulinhas rsrs.

      Excluir
  2. Olá tudo bem?!
    O bom de sua s Aulas é que você Pinta o Sete com o seu bom humor!
    Tudo de bom para você sua Famíla!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veloso, meu amigo, que gostosura ver vc por aqui!!! Saudadona de vc, não mais do que da Lady... rs. E por falar nela, to em dívida com ela, mas vou corrigir isso breve, breve...

      Bjobjo!!

      Excluir
  3. Não pinto mas sou uma grande apreciadora, da pintura em si, das técnicas, das cores...de tudo enfim, que envolve as chamadas Belas Artes. Com uma aula dessas, até dá vontade de iniciar...Quem sabe?
    Voltarei, para ver mais.
    Um abraço, Sueli.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lúcia!

      Comece a pintar, sim, e vamos trocar muitas figurinhas... rsrs.

      Delícia ver vc por aqui, volte sempre que quiser, vou adorar!

      Bjobjo!!

      Excluir
  4. O que posso fazer é agradecer de novo pela dicas do texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miro!

      Que bom que gostou, amigo!! Fico muito feliz quando vejo gente nova por aqui...

      Eu que agradeço.
      Grande abraço.

      Excluir
  5. Oi Sueli,
    Nossa, depois desta aula descontraída, fico pensando que tenho muito que aprender, também pensava que o cinza fosse só a mistura de branco e preto.
    Achei linda a tela, aliás como todas as tuas telas.
    Um grande abraço minha amiga querida.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bjos Lourdinha! Um final de semana espetacular pra vc!!

      Excluir
  6. Festa das gaivotas.

    Entro sem convite nesta festa
    asas e cores
    marfim
    singular beleza esta
    que a tua arte empresta
    ao meu olhar
    que logo sequestras
    num sonhar sem fim.

    Sueli,
    Só pra te homenagear e à tua arte também.
    Parabéns.
    Fica com Deus.



    Só pra te homenagear e à tua arte também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Noooossaaaaa, adorei ver a carinha do Heitor aqui! rsrs

      Bjos seu lindo!

      Excluir
  7. Oi Sueli, acabei por cometer uma gafe, fiz o comentário e a poesia logada no perfil do meu filho Heitor, queira me desculpar, as vezes entro pelo computador dele quando já está ligado, e esqueço de mudar o perfil.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem problema querida! Ameeeeei a tua poesia!! Vc tem sensibilidade a flor da pele, e muito talento para escrever, seja crônicas ou belos poemas...

      "Festa das gaivotas.

      Entro sem convite nesta festa
      asas e cores
      marfim
      singular beleza esta
      que a tua arte empresta
      ao meu olhar
      que logo sequestras
      num sonhar sem fim."

      DIVINO!!

      Beijão pro cê!! Obrigada por tudo de bom que tem me proporcionado.

      Excluir
    2. Ah! Eu já fiz isso também, viu... Muitas vezes rsrs

      Excluir
  8. Sueli que excelente lição, aqui aprendemos sempre. Embora já bem tarde ainda venho para desejar que todos os seus dias sejam plenos de felicidade. Feliz dia da Mulher.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida!!

      Obrigada pelo carinho! Desejo-lhe felicidade, paz e cores radiantes na sua vida.

      Beijinhos.

      Excluir
  9. Adorei as postagens, principalmente sobre a mistura de cores! Estou pesquisando para obter uma mistura que chegue bem próxima a um cavalo que vou pintar. Eu tenho a foto, e segundo o dono, a cor é alazão avermelhado. Como poso conseguir essa cor?

    Adriana Arcega (solicitei sua amizade no Facebook)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana!

      Infelizmente não conheço terminologias usadas para cores de cavalos rsrs. Portanto, não sei se posso te ajudar.

      Porém, me parece que a 'cor local' seja T. de Siena Queimada, talvez?... Se for, não use pronta do tubo: faça uma mistura de Vermelho de Cádmio + Sobra Queimada. Escureça e acinzente com azul + amarelo (verde) e uma quantidade mínima de branco para a sombra. Aclare e esquente com o amarelo para a luz. Acrescente branco para a luz intensa.
      Usando as cores dessa maneira (evitando cores prontas do tubo) terá mais controle dos tons.

      Espero ter ajudado, querida.

      Um beijo enorme e obrigada pelo seu comentário! Vou lá te aceitar no FB, seja muito bem vinda!!

      Excluir
  10. Obrigada Sueli! Exatamente a dica que eu precisava!

    ResponderExcluir
  11. vc é uma artista muito talentosa admiro muito suas telas principalmente estas feitas em blocos de cores fico louco para aprender pintar assim acho muito lindo espero um dia conseguir

    ResponderExcluir
  12. suas telas são lindas adoro estas feitas em blocos de cores fico louco querendo aprender este etilo é muito lindo pretendo um dia ainda conseguir vc é uma grande artista

    ResponderExcluir

Tua visita me deixa muito feliz e o teu comentário é importante para o meu aprimoramento. Aceito sugestões, críticas construtivas e elogios, naturalmente, que não sou boba, né... rs. Só não aceito e nem vou publicar comentários anônimos com gracinhas sem graça e ofensas de gente desocupada. Aos anônimos peço que assinem, por favor.

A todos meus agradecimentos e meu carinho!

Sueli Gallacci